Jesus tinha que morrer

Usando a palavra dever, Jesus está indicando que ele está planejando morrer—e que ele está fazendo isso voluntariamente. Ele não está meramente prevendo que isso vai acontecer. Isto é o que ofende muito Pedro. É uma coisa para Jesus dizer, “Vou lutar e serei derrotado,” e outra maneira de dizer, “É por isso que eu vim; pretendo morrer!” Isso é totalmente inexplicável para Pedro.

Por isso no momento em que Jesus diz isso, Pedro começa a “repreendê-lo”. Este é o verbo usado em outro lugar para o que Jesus faz aos demônios. Isto significa que Pedro está condenando Jesus na linguagem mais forte possível. Por que Pedro está tão perdido, que ele trairia Jesus assim, logo depois de identificá-lo como o Messias? Desde o colo de sua mãe Pedro sempre aprendeu que quando o Messias viesse ele derrotaria o mal e a injustiça subindo ao trono. Mas aqui está Jesus dizendo, “Sim, sou o Messias, o Rei, mas eu vim não para viver mas para morrer. Não estou aqui para ter poder, mas para perdê-lo; não estou aqui para governar, mas para servir. E é assim que vou derrotar o mal e colocar tudo em ordem.”

Jesus não disse apenas que o Filho do Homem iria sofrer; disse que o Filho do Homem devia sofrer. Esta palavra é tão crucial que é usada duas vezes: “o Filho do Homem deve sofrer muitas coisas e…ele deve ser morto.” A palavra deve modifica e controla a sentença inteira, e isso significa que tudo nesta lista é uma necessidade. Jesus deve sofrer, deve ser rejeitado, deve ser morto, deve ressuscitar. Esta é uma das palavras mais significativas na história do mundo, e é uma palavra assustadora. O que Jesus disse não foi apenas “Eu vim para morrer” mas “Eu tenho que morrer. É absolutamente necessário que eu morra. O mundo não pode ser renovado, e nem a sua vida, a menos que eu morra.” Por que seria absolutamente necessário que Jesus morresse?

Pedro achou difícil a necessidade da morte de Jesus. Por que isso foi tão difícil para ele—e para nós—aceitar?

Trecho do livro JESUS O REI, de Timothy Keller.

“Depois Jesus e os seus discípulos foram para os povoados que ficam perto de Cesareia de Filipe. No caminho, ele lhes perguntou: — Quem o povo diz que eu sou? Os discípulos responderam: — Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é um dos profetas. — E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? — perguntou Jesus. — O senhor é o Messias! — respondeu Pedro. Então Jesus proibiu os discípulos de contarem isso a qualquer pessoa. Jesus começou a ensinar os discípulos, dizendo: — O Filho do Homem terá de sofrer muito. Ele será rejeitado pelos líderes judeus, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Será morto e, três dias depois, ressuscitará.”

‭‭Marcos‬ ‭8:27-31‬ ‭NTLH‬‬

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s