Precisamos lutar fisicamente e espiritualmente


Reflexão no texto de Êxodo 17.8-13.

📜 Então Moisés disse a Josué: “Escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas. Amanhã tomarei posição no alto da colina, com a vara de Deus em minhas mãos”.
(Êxodo 17:9)

Vemos nesse relato bíblico uma situação de uma ataque implacável, sútil, cruel e covarde contra o povo de Deus. Podemos ver a natureza sútil desse inimigo em Deuteronômio 25:17 -18. Lembrem-se do que os amalequitas lhes fizeram no caminho, quando vocês saíram do Egito. Quando vocês estavam cansados e exaustos, eles se encontraram com vocês no caminho e eliminaram todos os que ficaram para trás; não tiveram temor de Deus.

Aqui vemos claramente que o ataque lançado pelos amalequitas atingia os mais cansados e os mais vulneráveis.

Moisés como líder do povo teve de agir rápido e mandou que Josué convocasse um exército para enfrentar o inimigo no campo de batalha físico, enquanto ele, Moisés, Arão e Hur subiriam o alto da colina com a vara de Deus em suas mãos.

Enquanto Josué estaria no campo de guerra com espadas, lanças e escudos, Moisés estaria na colina, em unidade com Arão e Hur, com outra arma: a vara de Deus.

Estamos vivendo um cenário muito parecido hoje. O coronavírus, de certa forma é um inimigo cruel, mortal, que vitimiza principalmente os mais cansados, fracos e vulneráveis, as pessoas com baixa imunidade e grupos de risco, que lançou seu terrível ataque e a guerra foi deflagrada.

É hora de agirmos rapidamente como Moisés. Olho para os profissionais de saúde, bombeiros, polícia e todos os que estão na linha de frente, à semelhança de Josué e um exército usando todas as armas à disposição para o enfrentamento e combate ao coronavírus. Eles estão lá fora no campo de guerra, lutando incansavelmente para resistir e derrotar esse inimigo.

Vejo a igreja como a figura de Moisés, Arão e Hur, chamada para o alto da colina com a vara de Deus, que representa as armas espirituais: oração, adoração, jejum, proclamação da palavra. Tudo isso tem que ser “erguido” até que os que estão lutando lá no vale prevaleçam sobre esse vírus, derrotando a ação desse inimigo.

Creio que o momento não é para relaxamento, para nós que estamos em casa, e que somos igreja do Senhor. Em vez disso, diante de tamanha crise como a que estamos vivendo, é hora de estarmos diante de Deus, em guerra de oração em favor dos que estão doentes, dos que estão cuidando dos doentes e da população.

Quando veio a crise sobre o povo de Israel e Judá foi levado para o cativeiro, a palavra nos conta que 3 vezes por dia Daniel se voltava para à direção de Jerusalém e orava ao Senhor.

Creio que precisamos fazer uso da vara de Deus, levantando turnos de intercessão, jejum, adoração e proclamação da palavra, até que tenhamos vitória.

Não é hora de ficarmos criticando uns aos outros como igreja, mas de nos unirmos, como Moisés, Arão e Hur estavam unidos em um propósito, bem como Josué e o exército que liderava estavam unidos e focados em um propósito.

PROMESSAS
Vitória

CONDIÇÃO:
Enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas.

ATRIBUTOS DO CARÁTER DE DEUS
General de Guerra, vitorioso, estrategista.

MANDAMENTOS
V.9 Escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas.

ORAÇÃO
Querido Senhor,
Eu oro para que o Espírito Santo convença cada crente em Cristo Jesus de sua responsabilidade diante desse momento crucial que estamos vivendo. Que toda cegueira, distração ou indiferença dê lugar a um posicionamento de subir a colina e guerrear.

REFERÊNCIAS
2 Coríntios 10:4 As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas.

Efésios 6.10-18 Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.
Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo. Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz.
Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno.
Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.

Tenham um dia abençoado!

Prs. André e Claudia Chagas, da IMEF Campo Largo.

Em amor cristão, @biblianafamilia @maecomfilhos Compartilhe #PalavradeEsperança 💌 Envie essa mensagem para alguém, compartilhe e espalhe a Palavra de Deus. 🛐💟✝️ Receba diariamente nossas mensagens no Telegram assinando no link https://t.me/biblianafamilia 📱

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s