O Fruto de Nove Partes 

O combustível do Espírito no desenvolvimento de um caráter como o de Cristo é libertador, porque nos aproxima de ser quem fomos designados a ser, a pessoa que nossos corações renovados pelo Espírito querem que sejamos. – Tim Keller

O Fruto do Espírito está listado em Gálatas 5 –amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fidelidade, amabilidade e domínio próprio. Essas qualidades compõem o Fruto. Não são nove frutos diferentes—é um Fruto com nove partes. O Fruto é como uma laranja, e dentro da laranja há várias fatias. Então, imagine que cada fatia da laranja é um dos aspectos do Fruto do Espírito.

A palavra original em grego para “Fruto” em Gálatas 5 é karpos, e uma definição pode ser “um resultado de algo.” Quando o Fruto do Espírito é exibido em nossas vidas, é um sinal ou resultado de que estamos sendo guiados pelo Espírito de Deus. Assim como os galhos da videira têm de estar conectados ao tronco para produzir uvas, o Fruto do Espírito é a evidência de que estamos conectados a Cristo.

Por que o Fruto do Espírito foi mencionado? Por causa dos cinco versos que o precedem. Eles mencionam os atos pecaminosos, incluindo imoralidade sexual, idolatria, ódio, ciúme, os acessos de raiva, a ambição egoísta e a bebedeira. Veja, nós temos essa coisa chamada carne, e ela é composta de todos os nossos desejos humanos. Nossa carne quer coisas que evitam que o Espírito de Deus nos dirija completamente. De fato, Gálatas 5:17 (NTLH) diz que “o que a nossa natureza humana quer é contra o que o Espírito quer, e o que o Espírito quer é contra o que a natureza humana quer”. No final das contas: você pode ser dirigido pela carne ou pelo Espírito de Deus, mas não pode ser dirigido por ambos—eles estão em constante conflito.

Provavelmente, a parte mais bonita da passagem no verso 23 é que somos informados que “contra essas coisas não há lei”. De fato, seria verdade dizer que podemos exibir o Fruto sem nenhum limite ou restrição. Nós nunca mostraremos amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fidelidade, amabilidade e domínio próprio demais. Agora, este é um objetivo pelo qual lutar!

(Baseado no Plano “Frutos do Espírito”, do YouVersion)



Recomendamos também a mensagem “O fruto do Espírito” do Pastor Lucinho Barreto (@prlucinho) na Lagoinha. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s